Magia

A impressão que eu tive durante toda a leitura era a de que uma garota de 16 anos estava conversando comigo… A maneira como Belle descreve sua vida é bem casual, com um linguajar característico da faixa etária dela. A autora não pecou em nada ao fazer Annabelle assim, a gente se sente a vontade e até relembra como nós éramos quando tínhamos a mesma idade que a personagem. Jéssica também constrói uma dimensão mágica, paralela a nossa, que demonstra ser maravilhosa e encantadora, com direito a Rainha dos Bruxos bondosa, varinhas mágicas e vassouras voadoras. Nos faz querer estar lá também.